Análise Indiscreta

TOP 7: As frases de O Bandido da Luz Vermelha

Posted in Sem categoria by Alexandre on 19/06/2010

Um dos filmes mais fodas do mundo. Quando vi pela primeira vez já tinha percebido como ele me marcaria e continuaria me marcando por muito mais tempo. Revi há alguns dias, já tendo uma noção mais madura do que estava na tela e o impacto não ficou menor: apenas um pouco mais “lúcido” – a primeira vez foi aquela coisa mais anárquica, “avacalhada”; na segunda me comportei mais como um “analista”. De todas as formas, a estréia de Rogério Sganzerla no cinema é verdadeiramente autoral, pulsante como um organismo vivo – e é isso que mais importa. A atmosfera noir não poderia se encaixar melhor com a realidade brasileira não fossem os personagens criados, que resumem parte do nosso cotidiano e que ainda persiste em muitos aspectos – a bandidagem, o cangaceirismo político, o sensacionalismo midiático, a ineficiência da polícia e, mais ainda, do próprio Estado corrompido – e das frases geniais, como algumas escolhidas abaixo, que indicam o “terceiro mundismo” brasileiríssimo. Ah, o próximo passo será um top 10: FRASES SGANZERLIANAS.

- Eu sei que fracassei. Minha mãe tentou me abortar pra mim não morrer de fome. Nasci assim e quem tiver de sapato não sobra. Usado pelos bandidos da Mão Negra porque não sabia, só precisa de terror e mais nada. Eu pensava que tava dando o maior dentro e foi o maior fora da minha vida. Fui talhado pra cadeira elétrica. Nunca me dei bem, eu não simpatizava com os bandido. Fracassei, eu sei disso. Eu tinha que avacalhar. Um cara assim só tinha que AVACALHAR pra ver o que saía disso tudo. Era o que eu podia fazer.

- O terceiro mundo vai EXPLODIR! Quem tiver de sapato não sobra, NÃO PODE SOBRAR, NÃO PODE SOBRAR!

- Vou te prender, seu safado!

- Cê pode prender! A solução pro Brasil é o EXTERMÍNIO, é o extermínio TOTAL! Eu sou poeta, EU VEJO! O terceiro mundo vai EXPLODIR!

- Prende esse ANÃO BOÇAL!

- Quantos tiros o ministro já levou?

- Ministro não; secretário! Uns 5 mil. Mas fui atingido apenas por 37. Tenho o corpo feiçado por obra dos meus santos protetores: Cosme e Damião.

- E o seu programa de governo?

- O programa sou EU MESMO! Era preciso que aparecesse alguém, um homem místico como eu, pra dar uma luz e esperança pra esse povo! Vou abrir as prisões, vou construir a “casa do pai solteiro”, vou instituir o “natal da criança mal criada”, e os pobres, enfim, vão mastigar! – vou distribuir chicletes pros pobres, pra que eles mastiguem noite e dia – e o camponês, este terno olvidado, este será contemplado com picaretas elétricas! Eu vou construir mais… vou construir mais: o “lar do milionário arruinado”! Jovenzinho… eu previno que, se houver roubo nas eleições, eu resolvo o assunto À BALA!

- Que é que você quer da vida?

- Da vida eu não quero nada. Antigamente eu queria ser grande.

- Grande pra quê?

- Grande, sei lá pra quê. Queria ser famoso, ser o bacana, por bem ou por mal. Mas hoje eu sei que sou um coitado, não sou nada.

- Rá, arte moderna! É o que sempre digo: coisa de depravado! LIXO!

- Lixo… mas só aquele quadro valia mais de 5 milhão.

- Ahhh, é isso mesmo. Quanto mais podre, mais caro! Por mim eu mandava juntar tudo isso e… botar fogo! Admito tudo menos essa laia de parasitas intelectuais!

- Moço, será que pode dar um jeitinho de o senhor andar um pouquinho mais depressa? É que eu preciso enrolar toooodo meu cabelo pra hoje à noite! Uma festa hippie, hi! Acabei de comprar meu gipty, é ma-ra-vilhoso! É ótimo! Se bem que faz um mal danaaado pra minha pele, hi! Eu fico com ela to-da EMPIPOCADA! É uma loucuuuura, meu pudim de maracujá, rá! O senhor bate no liquidificador um pouco de gelatina até ficar aquela pasta bem cremosa!

- Leva leite de coco?

Ah, leite de… MUITO LEITE DE COCO! Mas muuuuuuuito leite de coco! Cinco minutos de leite de coco, ai… pra dar aquele gostinho mais divino ainda, o senhor bota umas pitadinhas de rum, ai… MIRILIQUE! Conhece?! HAHAHAHAHAHA!

- Senhor, o que é você acha da miséria?

- Que misééééria, meu filho? Um país sem MISÉRIA… é um país sem FOLCLORE! E um país sem folclore… O que é que nós podemos mostrar pro turista?

(Eles não pertencem ao mundo… mas ao TERCEIRO mundo!)

About these ads

Uma resposta

Assinar os comentários com RSS.

  1. [...] This post was mentioned on Twitter by Daniel S.de Oliveira, Daniel S.de Oliveira. Daniel S.de Oliveira said: [https://analiseindiscreta.wordpress.com/2010/06/19/top-7-as-frases-de-o-bandido-da-luz-vermelha/] [...]


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 59 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: